sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Capitulo 11 - quinta parte

Ela viu aquela mulher com quem não se identificara muito, mostrar-lhe o caminho até a sala onde Zac trabalhava no andar de cima do restaurante. Vanessa olhou para o chão, abaixando a cabeça como quem pensa bem no que esta prestes a fazer.

Nessa: muito trabalho hoje?
Zac: Nossa, eu não esperava, me assustei com você! – ele virou-se de frente para ela, que puxava uma cadeira para sentar-se.
Nessa: ela veio me pedir desculpas e disse que eu deveria te pedir desculpas, e aqui estou.
Zac: ela quem?
Nessa: Sara.
Zac: ela me disse que iria fazer isso mesmo, mas pedir desculpas, desculpas pelo o que? – Vanessa o olhou bem fundos nos olhos, engolir o orgulho não era fácil.
Nessa: pela cena que fiz no apartamento, dizendo que deveria ter me defendido, não somos nada um do outro e você não tem esse dever e eu sou impulsivo, fico nervosa por qualquer coisa, então... Perdoe-me.
Zac: deve ser bem difícil para você, sabendo que eu estou errado vim dizer estas coisas e assumir a culpa, reconheço isso e obrigada por se esforçar tanto por mim, mas sou eu que devo desculpas à você amor – levantou e foi ter-se com Vanessa, ele passou a mão atrás da nuca dela e lhe deu um beijo na bochecha – me perdoe querida, eu não fiz o que deveria fazer, devia ter falado alto com Sara e não deixado ela falar daquele jeito com você.

Nessa agora estava tendo sérios problemas, queria agarrá-lo, mas tinha que se fazer de difícil para ele não achar que em qualquer briga ela cederia e só estava fazendo aquilo porque foi pressionada a fazer, mas também porque sentira falta dele.

Nessa: não inverta o jogo, vim aqui me redimir e você esta fazendo pouco caso disso e o transformando em herói – Zac riu.
Zac: em herói? Ok, eu perdôo você porque você era a errada – sorriu.
Nessa: como assim eu era a errada? Não fiz nada – ele gargalhou.
Zac: vamos parar com isso, ou vamos brigar de verdade! – aos pouquinhos, meio sem querer, fazendo um tipo ela foi se entregando ao beijo que veio depois.

Depois de muito trocar caricias, no pequeno escritório do restaurante, sentada no colo do seu amado, digamos que demoram um pouco lá em cima, e o pessoal que estava lá embaixo logo começou a perguntar onde estariam os dois, Robert insistia que todos deveriam deixar os dois a sós, mas Lee e sua curiosidade, não concordavam e queria fazer o casal descer.

Sara percebia que se quisesse fazer Zac voltar para Erie, teria que agir de uma forma mais agressiva, a paixão dele por Vanessa, não ia deixar ele se afastar de New York tão facilmente.

7 comentários:

ღAmambiaღ disse...

Pequeno mas lindo
ficou demais.
Esse amor dele me lembra uma história ai- kkk
tipo a minha,kkk(real)
posta logo flor
bjooss

• Paula disse...

Ahhhhhhh!
Essa Sara ´tá me dando nos nervos já!
O mulherzinha chata!
Aff!
Ainda bem que a vane e o zac se entenderam!
Amei o cap!
Perfeito!
Posta logo
Bjos

Anônimo disse...

Odeio essa sara ,o que raiva !
Adorei o capitulo *-*
Posta logo :D

Zanessa Forever disse...

adoro esta muito fixe, desculpa é nem sempre comentar. Eu queria pedir te par divulgares e dares um salto se poderes ate ao meu novo bolg http://amorguerra.blogspot.com/
e depois dizias me o que achavas.

Anônimo disse...

Amei, Ficou perfeito :D
Posta Logo ! adoro suas Historias !!

Bekki Hudfron disse...

ahhhhhhhhhhh, Que post mara *-*
Essa sara é uma filha da mãe mesmo rum :@
Mas mesmo assim tá perfóoo

Ki5mberly Ariel disse...

te dei um selinho... bjs olha lá
http://umbeloamor.blogspot.com/