sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Capitulo 4 - primeira parte.

Um apartamento pequeno, mas muito bem organizado.

Essa era a descrição do que Joe chamava de lar, Zac iria dividir com ele aquele AP até arrumar um lugar, era pouco tempo que teriam que morar juntos ali.

Joe: tem um quartinho logo ali, quando chegarmos mais tarde, arrumamos suas coisas lá!
Zac: tudo bem!
Joe: está com fome?
Zac: não, ainda não – riram.
Joe: quer um suco, sei lá um café!
Zac: não, estou bem! – Zac sentou no sofá. E logo Joe também.
Joe: gostou daqui?
Zac: bom é pequeno, mas bem acolhedor! – Joe balançou a cabeça.
Joe: não, a cidade! – Zac riu de si mesmo.
Zac: ah sim, é diferente, bem diferente, mas eu me acostumo fácil!
Joe: que bom, se quiser ir cochilar um pouco pode ir, daqui a pouco vamos ao seu “jantar de boas vindas” – o encarou.
Zac: jantar? O mas não precisava, depois de hoje no restaurante eu já me senti muito bem vindo.

Riram, ele estava rindo como nunca, de novo!

Joe: frescura das garotas, a Le é a pior quando cisma com alguma coisa.
Zac: há muito tempo que se conhecem?
Joe: sim! Há muito tempo, mas a Vanessa só há um ano.
Zac: hum, ela parece ser bem quieta e na dela não é?
Joe: não, se ela estiver de bom humor quando aparecer no jantar hoje, vai ver, ela super auto astral, mas tem um génio complicado...
Zac: Kate costumava brigar comigo quando eu deixava o tapete da sala da casa dela torto...
Joe: kk, sério? Ela tinha mania de limpeza como a Demi? Cara, que garota, é uma graça, mas quando resolve banca a chata...
Zac: kkk, não, só cismava com o tapete...
Joe: unn... Vocês se amavam muito?
Zac: sim, ela era incrível...
Joe: eu sinto muito.
Zac: tudo bem, olha Joe, eu vou acomodar minhas coisas e me arrumar, certo? Preciso tomar um banho...
Joe: claro, vai lá então.

Zac foi, falar de Kate realmente o deixou abalado, sentou-se na cama e em seguida levantou. Tirou suas roupas e abriu a ducha quente e somente deixou a água cair por um tempo, levantou a cabeça e ela agora passava por seu rosto acompanhada das lágrimas que também começaram a escorrer. Só pensava no que aconteceu, sabia que em NY tudo iria mudar, mas mesmo assim a dor não passava, o rosto de Kate vinha a sua mente o fazendo chorar mais... Saiu dali, daquele banheiro com uma angústia enorme no peito.

Por quê? Por que a vida faz isso com alguém que nunca deveu nada, alguém que só fez amar, alguém que só soube fazer o bem, só soube ser o cara bom moço, só soube ajudar e contribuir com todos.

O vento gelado, o surpreendeu e ele procurou se vestir. Olhou-se no espelho e viu um cara de olhos vermelhos e nariz congestionado pelo choro, foi ao banheiro de novo, com cuidado para Joe não o perceber no corredor e lavou o rosto, secou por completo o cabelo e o encarou, agora parecia melhor... Saiu dali com a toalha nas mãos e encontrou Joe.

Joe: Demi me ligou, podemos ir, esta pronto?
Zac: estou, só vou pegar umas coisas no quarto!
Joe: ta então, eu te espero na sala! – ele foi até o quarto pegou o celular e sua carteira e saiu.

Os dois desceram as escadas, afinal o apartamento de Joe era apenas no segundo andar, e seguiram de carro até o restaurante.

---------------------------------------------------------------------

Obrigada Marília pelo comentário.
Comentem gente, beijos florês ♥

5 comentários:

Madelynn Ann disse...

Lindoooo
Ameii
Postaa Logooo

Kaaroolziinhaa ♥ disse...

Amigaaaa amei*-*
Super lindo.!

Tainá disse...

amei o capitulo ta lindo
espero que o Zac se recupere logo (:
muito curiosa para saber o que vai acontecer no jantar de boas vindas
bgs
posta mais

AnneZanessa disse...

seu pedir por fovor por favozinho.... será que você postaria loogo???rsrsrs
qro maissss

Marília disse...

oieeeeee

amei..ta muito fofo

amei de vdd

te amo,bjs