segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Capitulo 8 - terceira parte.

Nessa: não vamos agir por impulso...
Zac: não estamos agindo por impulso!
Nessa: sim, estamos sim, criou-se um momento, se desfazermos ele, vai passar e vai ser como se nada estivesse acontecido.
Zac: se criou um momento, foi porque nós nos permitimos criar esse momento e não vai ser como se nada aconteceu, porque não é só agora, você me atraiu desde o primeiro momento que te vi.
Nessa: atrair-se por alguém não quer dizer que você esteja apaixonado por essa pessoa.
Zac: eu não ia falar de paixão, mas já que tocou no assunto, acho que posso estar apaixonado por você sim! – ela queria e não queria, o desespero começou a tomar conta, sua respiração ficou um pouco mais intensa.
Nessa: mas foi muito rápido, ninguém se apaixona assim!
Zac: Vanessa, por favor, não faça isso comigo, eu só quero satisfazer uma vontade. – ela mordeu seus lábios, quanto mais ele falava, mais o conflito de emoções que estava rolando dentro dela se intensificava.
Nessa: Vamos embora sim? Eu te levo ao restaurante e pronto, fingimos que nada aconteceu!
Zac: já fui tão longe não vou voltar atrás. – muito próximos, sua indecisão quanto a permitir se entregar a ele, a deixava maluca.
Nessa: tenho que pensar em mim, tenho medo e se você ficar comigo pensando nela? – desceu algumas lágrimas em seu rosto.
Zac: não sei o que você tem, mas faz qualquer tipo de lembrança desaparecer quando estou ao seu lado
Nessa: viu? Ao meu lado... E quando não estiver comigo?
Zac: se eu não estivesse certo do que eu estou fazendo, nunca teria chegado perto de você, sei o que é sofrimento e não quero isso para ninguém. E não vou te usar, se acha que ainda não estou pronto para “partir para outra”, me ajude a ficar então...
Nessa: sou ser humano também, e se nisso eu me apaixonar em? Como vou ficar, quando você achar que já deu e me deixar?
Zac: Eu só quero provar um pouco de você... Então deixe- me fazer isso?
Nessa: O meu Deus! – sua respiração ficou mais ofegante e Vanessa não sabia o que fazer.

Zachary foi entre lassando os dedos da sua mão direita em meio aos fios de cabelo dela, ele se perdeu em meio aqueles olhos de mel e como já não tinha muito mais o que fazer, Vanessa fechou os olhos e amoleceu o pescoço ficando entregue. Zac ainda tinha seus olhos bem abertos e a encarou pela ultima vez antes de tocar os lábios dela.

Nessa sentiu-se arrepiar quando os dedos de Zac percorreram sua nuca delicadamente, de um jeito suave enquanto sua língua a devorava de desejo. Ambos desfrutavam ao máximo do beijo, cada lugarzinho por menor que seja foi explorado, Zac se sentia flutuar enquanto beijava Vanessa ali, uma sensação jamais sentida por ele, uma mescla de tudo.

Ele sabia que se quisesse leva-la para a cama, levaria e Vanessa nem chiaria, mais não queria precipitar as coisas. Apesar de aquele beijo ter despertado os seus sentidos e ter feito ele querer te-la mais intensamente em seus braços achou melhor não tentar algo mais intimo tão cedo.

Ela por sua vez, estava decidida que teria que dar um fim aquele momento de caricias, não sabia se quer explicar ou nomear aquilo que já passava de apenas um beijo, Zac tinha seus lábios logo abaixo da orelha de Nessa e ela não permitia que ele os tirasse dali segurava com umas das mãos na nuca dele trazendo-a para si. Era tão bom senti-lo tão próximo.

Vanessa deu sua ultima mordida na orelha de Zac e eles se encararam, trocaram risos, como poderia ter chegado a tal nível derrepente? Não sabiam...

Nessa: acho que agora você quer ir não é?
Zac: para falar a verdade não! – sorriu.
Nessa: já anoiteceu se não for o que vão pensar que ficamos fazendo?
Zac: pouco importa o que vão pensar, não ligo.
Nessa: acho melhor mantermos isso em segredo por enquanto.
Zac: ora, mas por quê?
Nessa: é melhor Zac, se continuarmos com isso é melhor que seja uma coisa só nossa pelo menos por enquanto...
Zac: acha sensato continuar com isso? – colocou um sorriso sedutor no rosto, nesse momento Vanessa percebeu o quanto ele era sexy.
Nessa: gosto de correr riscos! – inclinou-se novamente e outro beijo aconteceu. – uma ultima pergunta, você esta pronto para isso?
Zac: depois do que houve aqui não tenho duvidas que esteja pronto! Mas acho melhor ir embora, vai ficar tarde! – Vanessa sentiu uma pontinha de tristeza.
Nessa: claro, eu te levo.
Zac: não eu não te vou incomodar com isso, chamo um táxi!
Nessa: não vamos discutir não é? Se não vou me irritar e vou ter que calar sua boca de um jeito nada convencional! – sorriu maliciosa.

A cada palavra se aproximava mais, isso foi deixando Zac cada vez mais tentado a beijá-la, não queria porque Vanessa já havia o deixado de um jeito que se ele se aproximasse mais, poderia acabar na cama com ela.

----------------------------------------------------------------------
Pessoinhas obrigado por comentar!
Comentem mais? HEHE
Beijos grandes . *--*

9 comentários:

JelFran disse...

muito maraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
rapaz que isso
amei
posta o mas rapido possivel
bjs da jel

Marília disse...

UAU!!!=O

o zac esquentou rapidinh néh!!!kkkkkkkk.

AMEIIIII,SIMPLISMENTE E INCRIVELMENTE INCRIVEL!!! =P

BEST TA MARA...POSTA URGENTE

BJS DE GLOSS DE CEREJA KKKKK

TE AMU

Tainá disse...

meu dels o capitulo ta lindo ,
concordo com a Marília o Zac se
esquentou rapidinho (66'
a fic está incrível , estou adorando
posta logo , pliiis
beijoos'

Marii Braga disse...

ahhh, finalmente *O*
o Zac se esquentou rapidinho (66'
ameeei o capitulo , posta logo
beijos :*

17Sophie disse...

Oh Meu Deus.... Beijo e momento Único! O zac gsta da Vanessa LALALALALALAAAAA Capitulo lindo. Posta depressa <3

ღღzanessaღღ disse...

d+++
posta logo
amei a descrição do bejo
bjosss

AnneZanessa disse...

UHUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!!! Encontro quase explosivo hehehehe!!!!!!!!!!!!!!!!!

posta logo tah!!!!!!!!!!!!!!!!!!
bjssss

Anônimo disse...

adorei tah d+ ! posta logo bjoos

Bella disse...

PERFEITO!!!!!!!!!!
POSTA LOGO!!!!!NUM ME DEIXA CURIOSA!!