domingo, 31 de outubro de 2010

Capitulo 9 – quarta parte.

Depois de contemplar aquela obra incrível que ele provavelmente nunca sonhou em ver ao vivo, andavam já voltando para o carro, Zac tinha uma caneca térmica de “I Love New York” pendurada no pescoço, uma réplica da coroa da estátua na cabeça, comendo um típico nova iorquino.

Ela por sua vez andava concentrada no nada, olhando para o vão, pensava nela e em seus compromissos, talvez, ir para casa e só voltar para o restaurante na quinta quando teria outro ensaio, mas Zachary interrompeu seus pensamentos.

Zac: o que vai fazer hoje à noite? – ela o olhou e observou o quanto engraçado ele estava.
Nessa: ainda não sei, acho que vou ficar em casa assistindo algum programa super divertido na TV a cabo. – ele riu – e você? Vai trabalhar não vai?
Zac: Sim, e quanto ao apartamento? Já esta certo?
Nessa: na verdade não fui atrás de saber ainda, me perdoe, mas posso fazer isso hoje à tarde se você quiser...
Zac: se pudesse, seria ótimo! – mas um olhar de matar, pensou Nessa enquanto novamente se via o admirando.
Nessa: eu vou sim! E aproposito, esta muito engraçado com essa tralha toda de turista pendurada pelo corpo. - soltou uma gargalhada.
Zac: pareço uma criança isso sim!
Nessa: mais esta lindo! – ela não acreditou que havia soltado aquilo alto, era para ser algo que ficasse só entre ela e sua mente, geralmente Vanessa não costumava fazer isso, ela era sempre fechada e não costumava também demonstrar muito afeto e muito menos elogiar sem motivos.
Zac: obrigado! – próximos novamente.

Um beijo, só para celar o passeio.

Ele ia fazer de novo, pensou ela, isso de colocar a mão no pescoço e entorpece-la com um olhar era demais e ela sabia que não tinha como se afastar ou evitar um contado maior quando ele fazia tal coisa.

Nessa: o que você faz não esta certo!
Zac: e o que eu faço?
Nessa: eu não sei... – ela passou os braços no pescoço dele, contornando-o e impedindo que ele tentasse escapar dali.

Zac sentia o coração na boca, como todas as vezes que Vanessa se aproximava, era sempre inevitável.

Nessa: quer que eu te deixe onde? No restaurante ou no apartamento do Joe?
Zac: no Joe, vou mais tarde hoje.
Nessa: Ham... Não se preocupe com o apartamento, eu vou te deixar a par, se tudo der certo, antes do final de semana mesmo, você pode se mudar.
Zac: o quanto antes melhor!

Ela se soltou dele depois de se despedirem da Estátua da Libertadade calorosamente. Vanessa foi uma bela guia durante o passeio ela falara que aquela belíssima obra foi presente de Napoleão III, como prémio para os Estados Unidos depois de eles vencerem uma batalha contra os ingleses, contou também que ela esta ali desde 28 de Outubro de 1886, mas Zachary pouco prestou atenção nisso, talvez fosse um pouco de dever americano saber pelo menos um pouco da história, mas a pátria teria que entender, Zachary estava se apaixonando de novo e esse era um motivo muito convincente para ele não prestar atenção nas informações do passeio.

Ela fez como ele pediu, deixou-o em frente ao pequeno prédio que Joe morava. Era cedo para falar em amor, mas ela já começava a dar sinais que estava gostando dele, e ele já estava de quatro por ela faz tempo.

Zac estava se apaixonando novamente, estava sentindo aquelas mesma sensações que o perturbaram no começo do relacionamento com Kate, mas o que fazia isso com ele, se Vanessa era o oposto de sua antiga e falecida namorada? Kate era meiga e certinha, as vezes até irritava a a mania de manter tudo no lugar, ele ainda tinha a desculpa que a casa era grande demais para um homem sozinho, mas ela sempre vinha dizendo que ele era um homem de 25 anos que deveria ter a casa em ordem, que era questão de higiene e blablabla, ele sabia o discurso inteirinho!

E Vanessa? Ele ainda não sabia muito sobre ela, sabia que ela tocava guitarra, contra baixo e alguns outros instrumentos, sabia também que não era muito boa com organização e que estava fazendo jornalismo, realmente não era muito, mas ele não conseguia evitar deseja-la e querer estar com ela, definitivamente dava sinais que a paixão havia chegado novamente.

-------------------------------------------------------------

Desculpa a demora pessoas, mas e ai gostaram?
Eu até fiquei mais inteligente nesse capitulo, fiz até uma pesquisa sobre a Estátua, kk, só o blog para me fazer estudar sem motivo. (:
Beeijos de goiaba. Comenta bastante ok?

5 comentários:

Anônimo disse...

taaa liindo posta looogo *-*

• Paula & Line* disse...

O cap ficou mega fofo!
Adoreiiiii
Tá simplismente incrível...cada cap é melhor que o outro.
Isso é verdade só um blog pra fazer a gente estudar nas horas vagas.
kkkkkkkkkkkkkkkk
Posta logo
bjos

ღღzanessaღღ disse...

tá d++
posta logo flor, num deixa nois na mão
bj bj

Bekinha Hudgens disse...

Nova akiii


Velho sua história TA MUITO BOAAAAA, incrivelmente bem escrita, faz eu me sentir dentro da História, nunca vi nada igual...

Liiηєє disse...

Amiga eu amei táa?
Super lindo..Muito fantastic!
Sorry por não comentar nos outros capitulos, como já tinha dito o meu computador tá dando pani (¬¬)
Tipo..Adoro as suas fics, nem sei se esse coment vai, mais tenho que tentar!

Valeu por me ajudar ontem (13/11/2010) Valeu mesmo..

Bjooos te adoro ♥